Guia de viagem: Santiago, Chile / Parte 2

Rio Mapocho - no caminho para o Valle Nevado
Oi pessoal, tudo bem com vocês? Essa é a 2ª parte do guia de viagem de Santiago - Chile, nela eu vou falar sobre os passeios turísticos que fizemos (Vinícolas, Valparaíso, Viña Del Mar, Valle Nevado e Farellones).

Quando decidimos ir para o Chile, ficamos com muitas dúvidas sobre quais passeios iríamos escolher, mas, principalmente, como iríamos para esses passeios, por conta própria ou por agência... Foram várias pesquisas em blogs, vlogs, trip Advisor, instagram, com amigos que já tinham ido, essa parte para mim é a mais chata e a mais gostosa ao mesmo tempo. Eu e meu esposo gostamos de liberdade em uma viagem, então a melhor opção seria ir por conta própria como gostamos de fazer, mas depois de muitas pesquisas vimos que lá não compensava, por vários motivos, aí veio a agonia, teríamos que cair na mão de uma agência (e na chatice dos guias “malas”), porém depois de ler bastante (acho que é por isso que eu amo blog, para poder ajudar as pessoas assim como eu sou ajudada) encontramos uma empresa no instagram chamada Sousas Tour e começamos a acompanhar o trabalho dela por lá, observamos que o público que ela atendia era mais jovem, em grupos menores (isso é fundamental!) e com um clima, aparentemente, descontraído, continuamos pesquisando sobre a empresa e só encontramos boas referências, então entramos em contato para fazer um orçamento e descobrimos que é uma empresa de Brasileiros, aí conquistou a gente.

O preço da Sousas Tour não é muito diferente das demais agências, incluindo a Turistik que é a bam-bam-bam de lá, mas o serviço é e para melhor! Tudo o que tínhamos observado foi confirmado, grupos pequenos, guias jovens e super animados, favorecendo um clima de descontração que torna os passeios ainda melhores, o [site] e o [instagram] da Sousas Tour estão aqui, é só clicar. Ah! O mais bacana é que você só paga pelos passeios no final de cada um, isso é muito bom, pois não existe chance alguma de você ser engando, eles aceitam pagamento em Peso Chileno, Dólar, Real e passam cartão de crédito, fala sério? Facilidade Mode ON.


Optamos pelos seguintes passeios: 1 – Valle Nevado e Farellones; 2 – Vinícola Emiliana, Valparaíso e Viña Del Mar; 3 – Vinícola Concha e Toro e Undurraga. Cada passeio durou um dia inteiro.

O Valle Nevado e Farellones são estações de esqui. Na data da nossa viagem já tinha neve no Valle Nevado, mas ainda não estava aberta a temporada, então fizemos questão de ir lá só para conhecer a neve e foi lindo, a neve é amor! Passamos a manhã lá, quase congelo (o guia me mandou alugar uma calça, mas eu achei que ele estava de drama #SQN), tomamos um chocolate quente DELICIOSO no Bar Lounge. Descemos e fomos almoçar em Farellones, uma estação mais baixa, lá a neve ainda não tinha chegado, mas o frio já. Lá tem uma tirolesa incrível e eu fui, morrendo de medo, mas fui. Nosso passeio terminou no final do dia e o guia nos deixou no shopping Parque Arauco, o maior shopping do Chile, lá tem de tudo, se você gosta de visitar shoppings em viagens, esse vale a pena conhecer.

Mirante no caminho para o Valle Nevado

Mirante no caminho para o Valle Nevado

Valle Nevado

Valle Nevado
Valle Nevado



Valle Nevado

Valle Nevado

Valle Nevado

Valle Nevado
Valle Nevado

Valle Nevado

Farellones

Farellones

Farellones

Farellones

Farellones

Farellones

Nosso segundo dia de passeio foi para as vinícolas, escolhemos conhecer a Concha & Toro (maior do Chile e segunda maior do mundo) e Undurraga. Pesquisamos bastante e vimos que essas são as vinícolas mais recomendadas. Adoramos a Concha & Toro, mas os vinhos da Undurraga são melhores e mais difíceis de encontrar aqui no Brasil, diferente dos da Concha & Toro que vemos em todo lugar. Conversando com alguns Chilenos sobre vinícolas Chilenas, vários disseram preferir os vinhos da Undurraga porque a produção é menor, menos industrializada e, consequentemente, com melhor qualidade, uma pena que só conversamos com essas pessoas depois de termos visitado as vinícolas.  Se tratando de vinho, sou um pouco leiga, mas eu gostei muito mais dos vinhos da Undurraga, mas como tínhamos visitado ela primeiro, e a fama da Concha & Toro era muita, deixei para comprar os vinhos lá, só que não gostei tanto, aí me arrependi muito, por isso saí perguntando para os chilenos sobre e minha percepção foi confirmada. Essas coisas acontecem... 

Undurraga

Undurraga

Undurraga

Undurraga

Undurraga

Undurraga

Concha & Toro

Concha & Toro
O famoso Casillero del Diablo


No terceiro e último dia de passeio, fomos para Valparaíso e Vinã Del Mar. Esse passeio é o típico “tem que ir uma vez para dizer que foi”, não voltaria nem para um lugar, nem para outro, mas isso é pessoal. Valparaíso foi declarada Patrimônio Cultural da Humanidade pela UNESCO e é lá a sede do poder Legislativo da República do Chile. Eu achei a cidade bem parecida com o Pelourinho, é bonito de ver. Em Vinã Del Mar, a atração principal é o Relógio das flores, o oceano pacífico (que é geladoooooooooooooooooooo), o cassino, e o museu Francisco Fonck, onde tem um Moai original da ilha de Páscoa, essa foi uma das coisas que eu mais gostei de conhecer.


Valparaíso

Valparaíso

Vinícola Emiliana no caminho para Valparaíso

Casa de Pablo Neruda em Valparaíso

Viña Del Mar

Oceano Pacífico em Viña Del Mar

Viña Del Mar

Moai original da ilha de páscoa em Viña Del Mar



Por aqui eu encerro os guia de vigem sobre o Chile, País que eu amei conhecer e voltaria quantas vezes pudesse. Se você está com viagem marcada para lá, pode começar a se animar, o Chile vai surpreender você!
Gostaram?
Um beijo, Bruna Braga :*

Nenhum comentário

Postar um comentário

É tão bom receber um comentário seu =)

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...