Guia de Viagem: Cabo verde, África.

Vamos falar de lugares? Vou dar início aos guias de viagem começando por Cabo Verde, País Africano, de origem vulcânica, constituído por 10 ilhas. Cabo verde foi descoberta em 1460 pelos Portugueses, se tornando colônia de Portugal até 1975, isso mesmo, 1975, bem recente... Nosso país teve um começo bem parecido, mas um desfecho bem diferente e melhor. Por estar estrategicamente bem localizada (entre Europa, África e Brasil), Cabo Verde serviu como ponto de apoio para as embarcações que passavam por lá para reabastecimento de água e alimentos, além de servir como ponto para comercialização de escravos. Com a abolição da escravatura o país passou a ser caracterizado por sua pobreza e economia de subsistência.
Ficaram curiosos, né? Eu também, contei cada minuto para chegar a hora de conhecer esse lugar, colocar o pé na África já era bem desejado, mas com toda essa história, foi mais interessante ainda.


Nossa viagem começou conhecendo a cidade de Praia, capital de Cabo Verde, lá fomos até a parte colonial da cidade com suas casas, monumentos, igrejas, o típico mercado da praia e o Museu de Arqueologia, onde encontramos peças históricas recolhidas dos navios piratas Ingleses, Portuguese, Franceses, e Espanhóis afundados nos mares de Cabo Verde desde o século XV.

Xavier, nosso guia em Cabo Verde.


Residência do Presidente de Cabo Verde

 

Segundo nosso guia, essa pequena Ilha foi comprada por chineses para construção de um cassino


Seguimos para a Cidade Velha, que em Junho de 2009 foi classificada Patrimônio  Mundial da Humanidade pela UNESCO. Lá visitamos a Igreja de Nossa Senhora do Rosário, que é a mais antiga Igreja colonial do mundo (Século XV). Fomos ao Forte de São Filipe, erguido sobre a Cidade Velha para proteção contra os ataques piratas. E presenciamos uma apresentação de batuqueiras tradicionais da Fortaleza com dança típica da ilha chama "da ku torno".



Pelourinho / Batuqueiras tradicionais da Fortaleza


Negociando a Africana de madeira mais linda! Veio comigo pra casa ebaaaaaaaaaaa!!!
 




Igreja Nossa Senhora do Rosário
Nosso guia, Xavier, nos passou algumas informações do País e vou reproduzi-las aqui. A língua materna deles é o Criolo, mas o Português é a língua oficial. Eles sofrem muito com a falta de energia, chegam a ficar meses sem a mesma. Atualmente os Chineses estão marcando presença no comércio local, ele nos explicou essa situação com duas frases: 1 - " saímos das mãos dos Portugueses e fomos para as mãos dos Chineses" e 2 -"Eles vendem sapatos baratos que só andam 2 km". Bom, com essas frases vocês podem tirar as suas próprias conclusões. 

Forte de São Filipe

Forte de São Filipe

Forte de São Filipe

Ruínas Sé Catedral

Ruínas Sé Catedral


Por fim, vou presenteá-los com uma das imagens mais lindas da nossa viagem, o pôr do sol em Cabo Verde.

Pôr-do-sol em Cabo Verde
Ah! outra curiosidade, eles adoram as músicas brasileiras, dias depois da nossa visita ia ter um show de Paula Fernandes lá, super legal, né?

Espero que vocês tenham gostado desse guia, se tiverem oportunidade não deixem de conhecer Cabo Verde.

Beijinhos, Bruna Braga :*

4 comentários

  1. Respostas
    1. Incrível colocar os pés lá, sabe? adorei demais, não foi o lugar mais lindo que conhecemos, vc vai ver nos outros guias, mas foi o mais interessante.

      Excluir
  2. O Crioulo é a nossa língua materna mas não é oficial, a nossa língua oficial é o português.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que legal, muito obrigada pelo seu comentário. Como disse na postagem, foi o nosso guia quem nos informou sobre isso, mas obrigada por sua contribuição, vou corrigir! Sua terra é um lugar muito especial, nunca nos esquecemos de lá!

      Excluir

É tão bom receber um comentário seu =)

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...